Marco Pierre White: O trabalho é o maior analgésico

Uma vez apelidado de enfant terrible da culinária inglesa, Marco Pierre White devolveu suas estrelas Michelin e nunca mais cozinhou profissionalmente. A razão? Para reviver a infância que nunca teve. Mas o que isso tem a ver com o trabalho ser o maior analgésico conhecido pelo homem?

Marco Pierre White é um renomado chef, restaurador e personalidade de televisão. Ele é mais conhecido por seu trabalho no mundo da culinária, tendo sido premiado com três estrelas Michelin por seu restaurante, The Restaurant Marco Pierre White. Ele também é conhecido por seu temperamento explosivo e sua abordagem prática para cozinhar. Mas o que muita gente não sabe é que Marco Pierre White tem um lado mais suave, que está enraizado na infância.

Marco Pierre White nasceu em 1961 em Leeds, Inglaterra. Seu pai era cozinheiro e sua mãe dona de casa. Seus pais se divorciaram quando ele tinha apenas nove anos, deixando-o para ser criado por sua mãe. Foi um período difícil para Marco, pois muitas vezes ele ficava sozinho enquanto sua mãe trabalhava para sustentar a família. Ele também sofreu bullying na escola, o que aumentou ainda mais seus sentimentos de solidão e isolamento.

Marco Pierre White é um chef de cozinha britânico conhecido por sua contribuição para a culinária moderna. Ele acredita que o trabalho é a melhor forma de aliviar a dor. Ele disse: 'O trabalho é a maior analgésico. Se você está triste, trabalhe. Se você está com raiva, trabalhe. Se você está com medo, trabalhe. Se você está desesperado, trabalhe'. Se você está procurando inspiração para começar a trabalhar, confira os melhores contas de Instagram de solteiros e Texas é o novo Vale do Silício .

Trabalhe como analgésico

Foi nessa época que Marco Pierre White descobriu o poder do trabalho. Começou a trabalhar no restaurante do pai aos 16 anos e foi aqui que encontrou consolo. Trabalhar no restaurante deu a ele um senso de propósito e pertencimento, e foi isso que o ajudou a lidar com a dor de sua infância. Ele logo percebeu que o trabalho era o maior analgésico conhecido pelo homem, e foi isso que o levou a se tornar um dos chefs de maior sucesso do mundo.

Encontrando sua infância

Marco Pierre White finalmente realizou seu sonho de se tornar um chef com estrela Michelin, mas logo percebeu que isso não era suficiente. Queria reencontrar a infância que nunca teve, por isso decidiu abdicar das suas estrelas Michelin e nunca mais cozinhar profissionalmente. Em vez disso, ele escolheu se concentrar em sua família e em seu próprio desenvolvimento pessoal. Ele agora passa seu tempo viajando pelo mundo, explorando novas culturas e aprendendo novas habilidades. Ele também se tornou um mentor para muitos jovens chefs, ajudando-os a realizar seus próprios sonhos.

Conclusão

A história de Marco Pierre White é inspiradora. Ele nos mostrou que o trabalho pode ser um grande analgésico e que pode nos ajudar a encontrar nossa própria infância. Ele também nos mostrou que nunca é tarde para perseguir nossos sonhos, por mais difícil que seja a jornada. Todos nós podemos aprender com o exemplo de Marco Pierre White e nos esforçar para aproveitar ao máximo nossas vidas.

Para mais informações sobre Marco Pierre White e sua história, confira O guardião e BBC .