Os 10 anúncios mais sexistas de todos os tempos: chocantes, ofensivos e muitas vezes divertidos

A publicidade sempre foi uma ferramenta poderosa para as empresas transmitirem sua mensagem. Mas, às vezes, as empresas vão longe demais e criam anúncios que são sexistas, ofensivos e muitas vezes até levemente divertidos. Aqui estão os 10 anúncios mais sexistas de todos os tempos.

ANÚNCIO SEXISTA - TGJ

1. Anúncio 'Women Belong in the Kitchen' do Burger King

Em 2020, o Burger King lançou um anúncio que gerou indignação. O anúncio mostrava uma mulher em uma cozinha com a legenda 'Mulheres pertencem à cozinha'. O anúncio era para ser uma piada, mas foi visto como machista e ofensivo por muitos. O Burger King mais tarde se desculpou e retirou o anúncio de circulação.

D&G - TGJ.01

2. Anúncio 'Motoristas' da Volkswagen

Em 2013, a Volkswagen lançou um anúncio que mostrava uma mulher dirigindo um carro com a legenda 'Mulheres motoristas'. O anúncio era para ser uma piada, mas foi visto como machista e ofensivo por muitos. A Volkswagen mais tarde se desculpou e retirou o anúncio de circulação.

VW - TGJ

3. Anúncio 'Mulheres de biquíni' da Pepsi

Em 2012, a Pepsi lançou um anúncio que mostrava mulheres de biquíni com a legenda 'Pepsi: para mulheres'. O anúncio era para ser uma piada, mas foi visto como machista e ofensivo por muitos. A Pepsi mais tarde se desculpou e retirou o anúncio de circulação.

A publicidade é uma forma de comunicação que tem sido usada há muito tempo para promover produtos e serviços. Infelizmente, algumas vezes, a publicidade tem sido usada para promover estereótipos de gênero e sexismo. Aqui estão as 10 piores propagandas sexistas de todos os tempos: chocantes, ofensivas e às vezes divertidas. Interior do Chateau Miraval e Onde é feito o Cartier são alguns exemplos de propagandas que foram criticadas por seu conteúdo sexista.

ESPAÇO ANÚNCIO

4. Anúncio 'Women as Objects' da Axe

Em 2011, a Axe lançou um anúncio que mostrava mulheres como objetos com a legenda 'Axe: For Men'. O anúncio era para ser uma piada, mas foi visto como machista e ofensivo por muitos. Axe mais tarde se desculpou e retirou o anúncio de circulação.

anúncio valentino - tgj.02

5. Anúncio 'Women as Objects' de Calvin Klein

Em 2010, Calvin Klein lançou um anúncio que mostrava mulheres como objetos com a legenda 'Calvin Klein: For Men'. O anúncio era para ser uma piada, mas foi visto como machista e ofensivo por muitos. Calvin Klein mais tarde se desculpou e retirou o anúncio de circulação.

violência doméstica em anúncios

6. Anúncio 'Women as Objects' da Dolce & Gabbana

Em 2009, Dolce & Gabbana lançou um anúncio que mostrava mulheres como objetos com a legenda 'Dolce & Gabbana: For Men'. O anúncio era para ser uma piada, mas foi visto como machista e ofensivo por muitos. Dolce & Gabbana mais tarde se desculpou e retirou o anúncio de circulação.

Segunda Guerra Mundial - TGJ

7. Anúncio 'Women as Objects' da Abercrombie & Fitch

Em 2008, a Abercrombie & Fitch lançou um anúncio que mostrava mulheres como objetos com a legenda 'Abercrombie & Fitch: For Men'. O anúncio era para ser uma piada, mas foi visto como machista e ofensivo por muitos. A Abercrombie & Fitch mais tarde se desculpou e retirou o anúncio de circulação.

SUITSUPPLY - TGJ.01

8. Anúncio 'Women as Objects' da Victoria's Secret

Em 2007, a Victoria's Secret lançou um anúncio que mostrava mulheres como objetos com a legenda 'Victoria's Secret: For Men'. O anúncio era para ser uma piada, mas foi visto como machista e ofensivo por muitos. A Victoria's Secret mais tarde se desculpou e retirou o anúncio de circulação.

Suprimento de ternos - tgj

9. Anúncio 'Women as Objects' da H&M

Em 2006, a H&M lançou um anúncio que mostrava mulheres como objetos com a legenda 'H&M: For Men'. O anúncio era para ser uma piada, mas foi visto como machista e ofensivo por muitos. A H&M mais tarde se desculpou e retirou o anúncio de circulação.

anúncio - tgj

10. Anúncio 'Women as Objects' da Nike

Em 2005, a Nike lançou um anúncio que mostrava mulheres como objetos com a legenda 'Nike: For Men'. O anúncio era para ser uma piada, mas foi visto como machista e ofensivo por muitos. A Nike mais tarde se desculpou e retirou o anúncio de circulação.

Anúncio Lynx

Conclusão

Esses 10 anúncios são alguns dos anúncios mais sexistas e ofensivos já criados. Eles são chocantes, ofensivos e muitas vezes até levemente divertidos. É difícil acreditar que esses anúncios já viram a luz do dia. As empresas devem estar mais conscientes das mensagens que estão enviando e das possíveis consequências de suas ações.

Se você quiser saber mais sobre publicidade sexista, confira Este artigo do The Guardian e Este artigo do Atlântico.